Idas e Vinhas Wine Club

segunda-feira, 1 de agosto de 2016

Provamos e aprovamos... Ambrosía Viña Única Cabernet Sauvignon 2011

Idas e Vinhas

Potente, versátil, adaptável, a Cabernet Sauvignon é a casta tinta mais largamente difundida pelo mundo vinícola. Originária do sudoeste da França, e famosa por compor aquele que talvez seja o corte mais famoso para tintos, o “bordalês*”, origina vinhos encorpados, de aromas e sabores intensos, com taninos marcantes e alto potencial de guarda.

Já degustamos uma boa variedade de vinhos em que a Cabernet Sauvignon aparece em voo solo ou em cortes. Provamos desde os icônicos Château Margaux, Pichon-Longueville Baron e Comtesse de Lalande, Lafite-Rothchild ...(pérolas degustadas no evento anual da revista Wine Spectator, em Nova Iorque), passando por californianos de primeiríssima linha como Carter Cellars, Caymus, Peter Michael, e mais recentemente estamos descobrindo os Cabernet Sauvignon argentinos.

Muitos de nossos amigos são um pouco reticentes quanto à Cabernet Sauvignon, queixando-se de aromas e sabores de pimentão muito acentuados. Esse é um assunto controverso, mas creio que chegamos a uma boa noção do que ocorre nesses casos. Os aromas vegetais – entre eles a pirazina, associada ao pimentão, fazem parte da gama aromática da Cabernet Sauvignon, juntamente com especiarias, frutas negras, menta...

Quando a Cabernet Sauvignon é colhida em seu ponto ótimo de maturação e o processo de extração do suco é cuidadoso, a pirazina completa seu processo químico e deixa de ser um incômodo. Integra-se de forma harmônica aos demais aromas e, somados os efeitos benéficos do uso inteligente da madeira, o resultado é excepcional.

Esse é o caso do Ambrosía Cabernet Sauvignon. Os vinhedos, localizados no distrito de Gualtallary, no Vale do Uco, estão a 1250m acima do nível do mar. Tal altitude significa muita insolação, o que favorece o amadurecimento dos frutos e, consequentemente, cor profunda e ótima concentração de aromas e sabores.

Conheça mais sobre o produtor aqui.

Vamos ao vinho?
Ambrosía Viña Única Cabernet Sauvignon 2011
I.P. Mendoza. Tupungato, em Mendoza, Valle do Uco Norte. 95% Cabernet Sauvignon e 5% de Malbec. 14,8% de álcool. Afinamento durante 12 meses em carvalho francês e mais 12 meses na adega antes de ser comercializado.

Cor vermelho rubi muito brilhante, com reflexos granada. Mostrou aromas bastante finos, muito intensos e persistentes com notas florais (rosas), frutas vermelhas e negras maduras (ameixa, cassis e framboesa), tabaco, café, algumas especiarias (baunilha e louro) e um frescor de hortelã. Em boca é harmônico, com total equilíbrio entre acidez, álcool e taninos marcantes, finíssimos. Encorpado, ganhando destaque os sabores das frutas e especiarias. Seu aroma de boca é bastante fino, de final muito intenso e persistente com notas frutadas e de baunilha.

Excelente exemplar de Cabernet Sauvignon argentino!

Nota IV: 93
Descorchados 2015: 90

Idas e Vinhas

Veja o que achamos do Ambrosía Viña Única Malbec 2012 aqui.

*Corte borladês: Cabernet Sauvignon, Merlot e Cabernet Franc são as castas majoritárias. Podem entrar no corte também a Petit Verdot e a Malbec. Mas como as appelations são muitas, a composição é variável. Em algumas o corte é feito apenas de Cabernet Franc e Merlot (St Emilión), e o icônico Château Pétrus (Pomerol) é em muitas safras 100% Merlot.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...